Skip navigation

Monthly Archives: agosto 2011

Há poucos meses atrás, a franquia japonesa que mais influencia o mercado de colecionáveis de mecha completou 20 anos. Atualmente são mais de 60 jogos para diversos sistemas, desde os antigos Gameboy e Famicon até os atuais PS3 e Xbox 360. Também há 3 séries em anime, 4 séries de manga (sem contar os inúmeros doujins e 4-koma que existem), além de numerosos albuns com as trilhas originais e canções tema (na sua maioria cantadas pelo JAM Project, Aki Misato, Mio, Mizuki Ichiro, entre outros).

Desde o lançamento do primeiro jogo , em 20/04/1991, para o Gameboy, todo ano até hoje, exceto em 1992, sai pelo menos um titulo da série para algum console. Curiosamente até hoje não ocorreu nenhum lançamento para computador.

Para se ter uma idéia do poder dessa franquia, ela já reuniu em seus diversos jogos ao decorrer dos anos mais de 70 anime diferentes. Somente no seu último lançamento (Dai-2-Ji Super Robot Taisen Z ~Hakai Hen~ para PSP) são 39 séries, desde os antigos Muteki Robo Trider G7, Choujikuu Seiki Orguss até os mais recentes e populares Teggen Toppan Gurren Lagan e Code Geass, entre outros.

Sua influência no mercado fica bem clara quando empresas de peso, como Bandai, Kaiyodo, Kotobukiya, fazem tiragens novas de mechas que ja estavam fora de catálogo, muitos deles há anos, apenas devido ao fato que irão aparecer no jogo novo da série SRT. Outro efeito colateral é o incentivo ao lançamento (ou relaçamento) de boxes dos animes que constam nos jogos, assim dando oportunidade de quem não conhece poder assistir e para quem já conhece poder relembrar.

Antes de mais nada, passamos um sábado muito divertido no primeiro dia do Tanabata Matsuri 2011, em Ponta Grossa, PR. O clima agradável do Expo de junho foi repetido, confirmando que se trata de uma característica própria do evento e não apenas algo pontual. Parabéns a todos do Project Yume, e até a nossa próxima visita!

Há pouco mais de duas semanas chegou em minhas mãos um item que estava aguardando ansioso: a minha cópia legítima e lacrada do vocal collection da série de jogos Atelier, o box Atelier Vocal Historia 1997~2009. Eis o unboxing, com presença da ilustre Nendoroid Totori como testemunha:

   

   

   

Lançado em janeiro de 2009, a mais de dois anos atrás, na época o box passou batido aqui. Fui descobrir sua existência apenas no começo de junho passado, e ainda por acidente. Enfim, foi praticamente um milagre conseguir uma unidade deste OST, e sem precisar recorrer a um serviço de compra e ao pandemonico Yahoo Auctions Japan, ou correr um risco enorme de pegar um pirata ao adquirir a única cópia ofertada no eBay.

Separadas em três discos nomeados Ground, Ocean e Air, estão presentes todas as músicas cantadas dos jogos da série até o seu lançamento, de Atelier Marie até Mana Khemia 2. Ao contrário do encontrado nos discos Volkslied, desta vez são as versões originais das músicas e não reinterpretações. Algumas tem mais de uma versão, e há três inéditas e exclusivas para este box, instrumentais do primeiro jogo que ganharam letra e voz: Sukidatta Ehon, Hajimari no Oka e La Folia. São as faixas 1 e 2 do primeiro disco e 13 do terceiro disco, respectivamente, que abrem e fecham a obra em grande estilo. 🙂

Entre aberturas, encerramentos, image songs e remixes, há músicas para praticamente todos os gostos. Com o passar do tempo elegemos as nossas preferidas, aquelas que nos fazem parar para prestar uma merecida maior atenção. O pessoal da Gust se esforça na parte musical dos seus jogos.

Mesmo sendo fan do formato mp3, faço questão de afirmar: ouvir os discos originais em um conjunto de som de qualidade, acompanhando as letras com o livreto legítimo em mãos, é outra coisa! Ainda mais quando se trata de uma coletânea histórica, de uma série que já completou 14 anos e 20 jogos. Este box é um item altamente recomendável para qualquer fan da série!

A menos de 10 dias do evento, é oportuno registrar desde já as costumeiras últimas informações.

Esta edição do Expo Anime ocorrerá dentro do Tanabata Matsuri, evento de cultura japonesa em geral que ocorre nos dias 20 e 21 de agosto. Conforme anunciado, o estande da MKS está com presença confirmada para o sábado, dia 20/08. Talvez, quem sabe, a gente possa aparecer no domingo também, mas nada confirmado. Eis o cartaz oficial do evento:

Por hora é isso. Apareçam no estande para bater aquele papo, e de repente levar algum colecionável para casa! 😉


Como é costume aqui no site da MKS, há informações adicionais nas próprias imagens. Lembrem-se de parar com o cursor do mouse em cima delas por alguns instantes!

Essa história obscura teve como personagens:

      

Assim a Profanadora coloca o seu sacrifício no circulo mágico, afim de realisar seu ato profano.

 Após a profanadora aplicar varios furaporc… eh, estocadas no avatar do Deus Antigo…

Com a realização do ritual de sacrificio a Profanadora vira para ver o resultado de seu fanservice, a libertação dos avatares dos Deuses esquecidos.

 Com a falha do ritual, os avatares de deuses Antigos Giant Robo e Tetsujin 28 continuam em sua prisão.

 Será que a Profanadora conseguirá um Chogokin de um deus antigo para tentar libertar os esquecidos?